1 comentários

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Buscai a Deus... Parte 2: Oração

Desde muito pequena meus pais me falavam de Deus. Eu sabia que Ele havia criado tudo o que havia no mundo, que era o Todo-Poderoso e que tinha enviado seu filho para morrer numa cruz por mim. Eu nunca duvidei da existência Dele, mas durante muito tempo eu sentia que aquilo tudo o que eu acreditava estava distante demais. Eu via Deus como um deus que morava no céu, num lugar distante e inalcancável. Eu achava que lá de cima Ele cuidava de mim, mas eu tinha dúvidas disso, por que a verdade era que eu nunca tinha experimentado nenhuma coisa sobrenatural, nunca havia escutado a sua voz e sentia um vazio enorme dentro de mim.

Aos 17 anos, com uma vida totalmente conturbada eu tomei uma decisão. Eu queria experimentar Deus de verdade. Queria conhece-Lo. Eu queria o amor de Jesus, aquele amor que tanta gente me falava e que até então eu não havia provado. Essa decisão mudou a minha vida. Eu descobri o quanto perto Deus está de nós. Descobri que Ele não é um Deus que vive longe, num lugar inalcancável como eu pensava antes. Descobri que Ele nos ouve, que cuida de nós, que se preocupa e que Ele é do tamanho do vazio que existe dentro de cada um de nós. Descobri que eu poderia falar com Ele todos os dias, que Ele era um bom amigo com quem eu sempre poderia contar.

E foi assim que que eu fui me aproximando Dele. Conversando com Ele, contando cada detalhe do meu dia, levando até Ele os desejos do meu coração, falando com Ele enquanto eu tomava banho, andava pela rua, cozinhava. Eu abandonei aquelas longas oracoes decoradas e comecei a falar com Ele com o meu coração. E a oração é uma das coisas que mais me aproximou de Deus ao longo de todos esses anos. Através da oração eu comecei a me relacionar mais intimamente com Deus e percebi a Sua presença real junto de mim.

Conheço muitas pessoas que se perguntam se sabem orar. Questionam por que nem sempre seus pedidos são atendidos. Sabia que o Espírito de Deus intercede junto ao Pai por nós? Ele também traz a nossa memória palavras de louvor e gratidão ao Pai. Faz com que o nosso coração seja quebrantado e derrama em nós o desejo de falar com Deus. “Assim também o Espírito de Deus vem nos ajudar na nossa fraqueza. Pois não sabemos como devemos orar, mas o Espírito de Deus, com gemidos que não podem ser explicados por palavras, pede a Deus em nosso favor. E Deus, que vê o que está dentro do coração, sabe qual é o pensamento do Espírito. Porque o Espírito pede em favor do povo de Deus e pede de acordo com a vontade de Deus”. Rm 8.26,27)

Quanto aos pedidos atendidos, posso afirmar pautada na palavra de Deus e na minha experiência com Ele: Queridos, Deus sempre nos ouve! Mesmo não sendo merecedores, Ele nos ouve e nos atende mediante a sua infinita graça e amor. Claro que tudo tem o seu tempo, e o nosso tempo não é o mesmo tempo do Senhor. Nós devemos apresentar a Ele nossas peticoes e esperar confiantes Nele, pois no tempo certo Ele agirá. Devemos considerar também que Ele conhece o melhor para cada um de nós. Como eu já disse aqui, Ele enxerga através das portas que nós não vemos. Por isso devemos pedir que a vontade Dele prevaleça sempre e estar abertos a aceitar isso. “Então, me invocareis, passareis a orar a mim, e eu vos ouvirei. Buscar-me-eis e me achareis quando me buscardes de todo o vosso coração”. Jr 29.12,13

Então, nunca deixe de falar com Ele. O busque de todo o seu coração e de toda a sua alma. Conte a Ele como foi seu dia, quais são seus planos. Peca à Ele que te ajude a cada instante, a cada tomada de decisão. Louve o Seu nome. Diga o quanto você é agradecido à Ele pelo Seu amor, pelas bencaos que Ele te dá a cada dia. Assim, você vai sentir a presença Dele tão forte ao Seu lado e o seu coração vai se encher de uma paz tão grande que você nunca mais desejará estar em outro lugar que não seja ao lado desse Pai tão amoroso e fiel."Não se preocupem com nada, mas em todas as orações peçam a Deus o que vocês precisam e orem sempre com o coração agradecido”. Fp 4.6


0
comentários

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Buscai a Deus... Parte 1


Já reparou como a vida está cada vez mais corrida? Cada vez a gente tem menos tempo, até mesmo para as coisas que são importantes. Vive correndo de um lado para o outro tentando dar conta de tudo, com listas intermináveis de afazeres e se frustrando o tempo todo por não dar conta de quase nada. Então, a gente passa os dias fazendo escolhas, determinando o que é essencial e deixando todas as outras coisas para depois, sem mesmo saber se o depois vai chegar.

Eu tinha um primo muito querido. A gente cresceu junto e tinha uma ligação muito forte. Ele sempre conheceu a palavra de Deus e sabia os planos de paz que o Pai tinha para ele. Infelizmente, ele perdeu o pai muito cedo e acabou se tornando muito rebelde. A rebeldia da adolescencia, fez com que ele se afastasse de tudo o que tinha aprendido e o levou na direcao oposta de tudo o que é bom.

Um mês antes de sua morte, indagado por mim sobre quando ele largaria aquela vida e voltaria para os braços de Deus, ele disse: "Eu tenho que voltar e voltarei logo. Só preciso resolver algumas coisas." Foi a ultima vez que nos encontramos. Infelizmente, o tempo dele era curto e ele não sabia disso. Era jovem e precisava resolver um monte de coisas; acreditava que tinha a vida inteira pela frente e vivia como se a vida nunca fosse acabar. Me pergunto o que ele teria feito se soubesse que seria morto trinta dias depois daquela conversa.

Eu tenho tentado buscar a Deus, enquanto posso achá-lo, certa de que tudo o que tenho é o momento presente e que o amanha pode nao chegar. Confesso que não é fácil. Eu tenho muitos afazeres diários: meus filhos, meu marido, meus amigos, minha casa, meus estudos, sonhos que quero realizar. Minha lista de tarefas é enorme, nunca tem fim e o meu tempo é tão curto. Tenho tentado mante-Lo à frente de tudo, no topo da minha lista e sei que essa deve ser uma busca diária. As vezes também me indago se estou no caminho certo. Afinal de contas, o que significa realmente buscar a Deus?

Eu preciso ter uma religião, preciso deixar de me divertir, preciso frequentar uma igreja? Como conhecer a vontade de Deus para a minha vida? Como saber qual o caminho que Ele traçou para mim? Quanto tempo devo me dedicar à Ele? Buscai a Deus, é uma série de textos onde pretendo compartilhar um pouco do meu relacionamento com Deus e o quanto eu tenho sido abençoada na minha caminhada com Ele. Inspirada pelo Espírito de Deus, pretendo deixar aqui algumas respostas sobre varias indagacoes que já fiz ao Pai e que tem me ajudado a viver uma vida segundo o coração Dele.

Entao, até o próximo texto. Que Deus nos leve sempre em Sua direcao e que nos dê ouvidos para ouvir a Sua voz, olhos para enxergar os Seus caminhos e discernimento para escolher o bem.

Imagem retirada daqui.
1 comentários

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Quando uma porta se fecha...

Desde pequena eu escuto a frase: "Quando Deus fecha uma porta, ele abre uma janela". Tenho pensado muito nisso. Na verdade, eu teria escrito essa frase de forma diferente, pois não acredito que Ele abra janelas. Eu diria que quando Ele fecha uma porta, Ele escancara outras portas ainda maiores. Mas, muitas vezes quando recebemos uma resposta negativa, os nossos olhos não conseguem enxergar nada além da porta fechada.

Nós oramos, colocamos nas mãos Dele, pedimos que Ele nos livre de todo mal, que nos coloque no centro da Sua vontade, que nos dê o melhor que Ele tem. Ai, de repente, Ele vem e diz "não" para algo que estamos buscando há tempos e tempos. A porta se fecha! E ai a gente pensa que Ele nos abandonou, que Ele nao está cuidando de nós, que não nos ama e ficamos questionando se Ele realmente nos ouve. A verdade é que Deus sempre nos ouve. Ele conhece cada uma das nossas necessidades, tem recebido as nossas oracoes e tem prazer em nos ouvir. Se nós que somos maus atendemos os pedidos dos nossos filhos e os protegemos, quanto mais Deus que nos ama incodicionalmente. Quanto mais Deus que é bom, misericordioso, cuidadoso, amoroso. Ele pode e quer nos dar infinitamente mais do que tudo o que temos desejado.

Não se desespere ao ver a porta se fechando diante dos seus olhos. Ao contrário, se alegre em Deus, erga as suas mãos e dê graças a Ele que te ama tanto e que está te livrando do mal. Creia e peca a Ele que te dê sabedoria para entender e aceitar a vontade Dele. Para que Ele abra os seus olhos espirituais para enxergar que o que Ele tem para você é algo ainda maior. No tempo Dele, a porta que Ele escolheu será aberta e você será conduzido pelas mãos de Deus ao lugar que Ele preparou para você. Apenas creia e espere Nele. Não desista diante das adversidades dessa vida e não se preocupe com o dia de amanha. Ele está no controle e nos suprirá em tudo, afinal o Seu amor e a sua misericórdia não tem fim. E lembre-se: nós não vemos além das portas, mas Ele vê! Coloque sua confiança no Deus que tudo vê e que jamais deixará que os seus filhos pereçam.


2
comentários

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Os que Confiam No Senhor

"O versículo primeiro do Salmo 125 diz: “Os que confiam no Senhor são como o Monte de Sião, que não se abala, mas permanece firme para sempre”.

Dias atrás assisti a um documentário americano. Nele eram explicados os fenômenos decorrentes da força dos furacões. Sua passagem destrói casas, sítios, clubes, enfim, cidades inteiras. Porém, algo impressionante às vezes acontece: em meio a tanta destruição, às vezes uma ou outra construção permanece intacta, sem ser atingida pela fúria do vento. Ao redor tudo é tragédia: teto, paredes, árvores, tudo destruído, desarraigado. Mas a casa poupada está em pé, sem um único problema. Até os papéis soltos em cima da mesa continuam no lugar. Algo impressionante!

O texto citado acima nos fala de algo semelhante àqueles que decidem voluntariamente confiar em Deus.

Ele diz: “Os que confiam”. Confiar é acreditar realmente. Confiar é crer sem duvidar. A firmeza não está para os que duvidam, para os que não têm muita certeza. Confiar é entregar a chave, é sair de casa e ficar descansado, certo de que a deixou em boas mãos. Confiar é sentar-se no banco do passageiro e confiar no motorista. Confiar é convidar alguém para falar à família e ter certeza de que só coisas úteis e cristãs serão abordadas. Confiar é, na expressão popular, “colocar a mão no fogo”. A promessa do versículo é que os que confiam não serão abalados. Mas só os que confiam.

O texto continua, dizendo: “Os que confiam no Senhor”. Não é uma confiança banal, cega, em qualquer coisa. A firmeza é para aquele cuja confiança está depositada em Deus. Sim, no Criador, no mantenedor de todo o universo, nAquele que conhece todas as coisas e é capaz de manter tudo sob Seu controle. Não se entrega uma oficina mecânica à um bebê de dois anos, ou uma cirurgia a um estudante de primeiro ano de economia. Não se dá um avião na mão de um piloto formado por correspondência, ou um aparelho eletrônico quebrado a um
técnico de agricultura. A firmeza prometida no versículo é para aquele que confia no Senhor. Confiança no "Eternamente Capaz". A promessa é para aquele que confia inteiramente, que sabe que Deus é competente, que quer o nosso bem, que pode operar maravilhas e que tudo faz para cumprir Seus desígnios. É como confiar num estrategista militar. Seus subalternos podem dizer: “Não sei onde ele quer chegar, nem sei como ele pretende fazer; mas sei que ele vai vencer, e aposto minha vida no seu plano ! ”. Isso é confiança!

Àqueles que confiam no Senhor há algo fatalmente previsível: “Não se abalam”. É certo que as montanhas são bastante estáveis. São antiqüíssimas, resistem muito bem à terremotos, não sucumbem ante enchentes, protegem contra vendavais, enfim, são bastante firmes. Diz a Bíblia que "os que confiam no Senhor são como o Monte Sião". Era o monte de Davi, um monte de Jerusalém muito conhecido e amado. Era símbolo da firmeza concedida por Deus. Este monte existe até hoje. Lá está, firme e seguro. Desde que o salmista escreveu o Salmo 125, milênios se passaram; impérios sucumbiram; governos se foram; povos se espalharam; vegetações pereceram; civilizações se sucederam; construções foram erguidas e destruídas Mas o monte lá está, firme e forte, idêntico aos que confiam no Senhor. Que promessa maravilhosa!

Por fim, o texto diz: “permanece firme para sempre”. O crente sincero e fiel não volta para trás. Ele permanece firme. Não vive solto, sujeito à todo vento de doutrinas, à toda tentação do maligno. O autêntico crente está firmado em Deus, e não perde a sua salvação, nem a sua estabilidade em Deus. O Senhor é quem o sustenta. Jamais será abalado. É certo que lutas vêem e virão. Muitas aflições, muitas provas, muitas dúvidas lançadas pelo inferno na mente inquiridora e sincera. Mas, por fim, a promessa é que sempre haverá firmeza, até a eternidade. Jesus Cristo disse que aqueles que ouviam Sua Palavra e a colocavam em prática eram semelhantes ao homem sensato que construiu sua casa sobre a rocha. Afirmou que dificuldades sobrevieram: ventos, enchentes, tempestades. Mas a casa ficou firme. Não por ser diferente daquela feita na areia (todos querem fazer boas casas) . A razão é que estava construída sobre chão firme, sobre a rocha. O crente está guardado por quem é fiel. Deus é quem o guarda. Não há tempestade que tire um crente fiel da firmeza no Senhor. Pode haver luta, dor, tristeza, mas nunca a ruína. Fiel é o sustentador do crente
em Jesus. Deus é quem o guarda. Ele é a Rocha. Aqui e no além.

Você está firme no Senhor? Você está firme como o Monte Sião? Saiba que somente a confiança integral em Deus lhe dará estabilidade. O mundo pode dar alguma aparência de vigor, alguma ilusão de força e destreza. Mas somente Deus dará estabilidade. Conta-se que um coqueiro veterano e idoso estava ereto em seu lugar, quando um pé de chuchu cresceu rápida e violentamente ao redor dele. O pé de chuchu lhe disse: “Viu só, coqueiro? Em dois meses eu ultrapassei
você!”. Tranqüilo e confiante, o coqueiro lhe respondeu: “Nestes quase cem anos eu já vi dezenas de pés de chuchu insolentes e transitórios dizerem a mesma coisa. Como você é tolo...” De fato, depois de dois meses o pé de chuchu não passava de uma porção de galhos secos...

Que você seja como o coqueiro. Ou melhor, que você seja como o Monte de Sião, que não se abala, mas permanece firme para sempre."

Pastor Wagner Antonio de Araújo
Igreja Batista Boas Novas, Osasco, SP

Minha Fonte:
http://evangelizacaopessoal.com/confiam_no_senhor.html
0
comentários

sábado, 12 de novembro de 2011

Uma nova história

Será que voce pode contar? Será que voce pode imaginar tudo o que Deus sonhou e tudo o que Ele já fez por voce?


0
comentários

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

O verdadeiro evangelho


"Eu sinto verdadeiro espanto no meu coração
Em constatar que o evangelho já mudou.
Quem ontem era servo agora acha-se Senhor
E diz a Deus como Ele tem que ser...


Mas o verdadeiro evangelho exalta a Deus
Ele é tão claro como a água que eu bebi
E não se negocia sua essência e poder
Se camuflado a excelência perderá!


O evangelho é que desvenda os nossos olhos
E desamarra todo nó que já se fez
Porém, ninguém será liberto, sem que clame
Arrependido aos pés de Cristo, o Rei dos reis.


O evangelho mostra o homem morto em seu pecar
Sem condições de levantar-se por si só ...
A menos que, Jesus que é justo, o arranque de onde está
E o justifique, e o apresente ao Pai.


Mostra ainda a justiça de um Deus
Que é bem maior que qualquer força ou ficção
Que não seria injusto se me deixasse perecer
Mas soberano em graça me escolheu


É por isso que não posso me esquecer
Sendo seu servo, não Lhe digo o que fazer
Determinando ou marcando hora para acontecer
O que Sua vontade mostrará.


O evangelho é que desvenda os nossos olhos
E desamarra todo nó que já se fez
Porém, ninguém será liberto, sem que clame
Arrependido aos pés de Cristo, o Rei dos reis.


Porém, ninguém será liberto, sem que clame
Arrependido aos pés de Cristo, o Rei dos reis."

0
comentários

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Eu nao sei seu nome, mas obrigado!

Texto de Walter da Mata (http://pastorwalterdamata.blogspot.com/)

A corrida podia ser dada como ganha. Vanderlei Cordeiro estava com boa vantagem sobre o segundo colocado; de surpresa, um padre irlandês, ativista religioso, invadiu a pista e arrastou nosso compatriota para a calçada, tirando-o da corrida. Seus quarenta segundos de vantagem desapareceram, desconcentrado, perdeu o ritmo e seus concorrentes tomaram-lhe a dianteira. Tudo isso não o tirou do foco, logo que se desvencilhou, voltou à pista e sua medalha de bronze teve brilho de ouro.

A imprensa deu o destaque merecido ao feito do atleta, fez suas críticas ao comitê organizador e criticou a descabida trapalhada do vigário, porém, quem viu as imagens sabe que alguém muito importante ficou fora dos noticiários. Um homem idoso, calvo e de barbas brancas, salta o cordão de isolamento, trava uma batalha com malfeitor e liberta nosso atleta e o devolve para a corrida. Que gesto honroso e digno de admiração!

A bíblia diz em Hb 12.1-2, que nós também estamos numa corrida, a maratona da fé, e muitos atletas, alguns listados na galeria dos heróis da fé, já a completaram com louvor, não obstante os muitos “irlandeses” que surgiram no meio da corrida, impedindo-os de avançarem. Com certeza, para cada um deles, Deus levantou alguém para ajudá-los a escapar dos embaraços: Moisés teve Jetro, Davi teve Natã, Josué teve Moisés, Eliseu teve Elias, Marcos teve Barnabé, e muitos outros.

Talvez, você esteja embaraçado, à margem da pista, foi arrastado para a calçada do desânimo, materialismo, engano, sensualidade, amargura, auto-piedade, auto-suficiência e sabe que, se ninguém te ajudar, você não voltará à pista da corrida da fé. Deus, por meio de um grupo de mentoria e pastoreio, tem pessoas dispostas a lutarem com você para devolvê-lo à maratona da fé e lida ministerial, para que sua corrida temporariamente interrompida, não se transforme em derrota. A bíblia não apresenta lista, mas faz menção de um grupo de derrotados (Hb 10.39), e você não vai querer fazer parte dele.

Volte para a corrida, procure um grupo de mentoria e pastoreio para que você tenha parceiros que possam arrancar você das mãos malignas que querem te impedir de chegar ao pódio.

“...Portanto, deixemos de lado tudo que nos atrapalha e o pecado que agarra firmemente em nós e continuemos a correr, sem desanimar, a corrida marcada para nós.” (Hb 12.1)

Lembre-se disso: Deus tem um pódio para você e sem ajuda você não voltará para a corrida.

Texto retirado daqui.

5
comentários

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

"Os meus dias estão nas tuas mãos; " Salmo 31:15

Deus conhece todas as coisas e tudo está em Suas poderosas mãos, por isso não temos motivo para temer, nem andarmos ansiosos por coisa alguma. Como é bom nos depararmos com essa verdade de Deus e saber que não precisamos nos preocupar com nada, que antes devemos deixar serem conhecidos todos os nossos pedidos diante Dele, através de súplicas e acoes de graça e que Ele nos ouvirá e não permitirá que nada jamais nos falte. É reconfortante saber que Ele nos ouve, que é Deus Zelozo que cuida de nós. Seus ouvidos estão sempre abertos, Ele está sempre atento à nossa voz.

Nada nos faltará em tempo algum. E quando algo se levantar em nossa frente, quando as lutas surgirem, antes de permitirmos nos angustiar, devemos nos prostrar diante Dele e orar, fazendo com que Ele conheca o que precisamos. Devemos depender em tudo do Senhor. Ele tem prazer em nos abençoar e em nos dar infinitamente mais do que tudo o que necessitamos.

"Meu amado Deus e Pai, o que eu mais quero é estar totalmente em Tuas mãos, confiando sempre na Tua perfeita vontade. Me ensine a depender de Ti, a confiar nos planos que o Senhor tem para a minha vida e não permita que eu me angustie diante das dificuldades dessa vida. Que eu me lembre sempre que o Senhor é o Deus que supre todas as minhas necessidades e que me carrega em Seus braços de amor, dia após dia. Amém!"
1 comentários

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Santo,Santo, Santo!

Fonte: http://iprodigo.com/
2
comentários

terça-feira, 7 de junho de 2011

Buscando uma vida de retidão

Deus espera que tenhamos uma vida de retidão diante Dele. Claro que Ele conhece os nossos coracoes, nossas imperfeicoes e fraquezas e conhece todas as vezes que vamos cair, mesmo quando temos a certeza que isso não acontecerá. O que Ele realmente espera de nós, não é que sejamos perfeitos, afinal isso é impossível para nós, mas que busquemos uma vida de santidade. É um caminho difícil de se trilhar, uma luta diária que travamos contra nós mesmos. Nossa natureza humana é imperfeita e todos carregamos dentro de nós o bem e o mal. Vivemos lutando contra sentimentos e pensamentos ruins que vão nos enchendo pouco a pouco, tentando nos levar para a direção contrária à vontade do Pai.

O mundo nos convida a viver segundo as suas "normalidades" e a grande maioria de nós somos enganados por essa inverdade. Por isso temos nos afastado a cada dia do propósito que Deus traçou para o homem. Quanto pecado, quanto desamor, quantas tragédias... O homem tem sido capaz de cometer coisas tão assustadoras e a cada dia tudo parece ficar pior. Mas não são apenas as atrocidades que nos afastam Dele. Muitos de nós tem se permitido afastar por tão pouco! Nas pequeninas coisas passamos a viver segundo as nossas próprias vontades, sem perceber que são essas pequenas coisas que nos afastam de nosso amado Pai e que nos levam a pecar em coisas maiores. Mágoa, intolerância, raiva, tanta dureza de coração... Quantos sentimentos maus colecionamos dentro de nós e tudo isso é tachado como normal nos dias de hoje.

Então como viver segundo a vontade Dele? Como viver uma vida de retidão que agrade realmente o coração do Pai, se todos pecamos, se todos temos o mal dentro de nós, se é tão difícil vencer a nossa natureza humana? O primeiro passo é olhar para dentro de nós, reconhecer as nossas falhas e a nossa necessidade de Deus. Todos precisamos reconhecer que há algo para mudar, que há defeitos e pecados, ervas daninhas querendo crescer em nossos coracoes. Todos precisamos avaliar as nossas vidas e perceber o que tem realmente nos afastado de Deus. Então é preciso crer de todo o coração Naquele que nos ama incondicionalmente, mesmo que sejamos tão pecadores e falhos. Precisamos acreditar que Ele nos recebe, nos cura, nos purifica e que faz de nós vasos novos em suas mãos. Basta o deixar entrar, basta o deixar sondar os nossos coracoes, basta aceitar o seu amor e a sua misericordia que se renova sobre nós dia após dia.

Basta nos fortalecermos em sua palavra e reconhecermos nela qual é a real vontade Dele para nós. A palavra Dele é a luz que nos afasta das trevas e a nossa espada para as lutas do dia a dia. Basta orarmos constantemente clamando que Ele nos coloque sempre no centro da sua vontade. Ele nos ouve sempre. Ele não nos desampara, é o nosso ajudador, o Deus que peleja as nossas lutas. Não vamos tentar vencer sozinhos, mas que possamos colocá-lo sempre à frente das lutas diarias que enfrentamos, aprendendo a viver uma vida de dependência de Deus. Ele nos levantará, nos fará vasos novos sempre que necessário e nos guiará pelo caminho da santidade e retidão. Com Ele no controle de todas as coisas, estaremos sempre no caminho certo.
0
comentários

sábado, 21 de maio de 2011

Ele sempre me amou

Antes que eu O amasse, o Senhor me amou.
Se entregou por mim, derramou Seu sangue
me limpou, me purificou, me justificou,
quando eu ainda nem conhecia o Seu nome.

Um dia eu abri a porta e O encontrei.
Seus bracos abertos, Suas palavras de amor.
O Senhor me atraiu e eu encontrei paz.
Hoje sou feliz e vejo coisas grandiosas ao redor de mim.

Hoje eu sei que mesmo quando nao vejo nada adiante
quando tudo parece escuro e assustador
o Senhor está comigo, me mostrando que o seu amor pode me levar além.

Hoje sei que nao estou sozinha e que nem as provacoes dessa vida
me levarao para longe Daquele que sempre me amou.
Hoje sei que o Seu amor me purificou,
me resgatou das trevas, me libertou...

Ele me amou,
Ele sempre me amou...
Ele nao muda e nao mudará...
Ele me amou,
Ele sempre me amou...
Quando eu ainda nao o conhecia,
ainda assim Ele sempre me amou.
2
comentários

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Eu sou segundo

Que Ele seja sempre o primeiro em nossas vidas, porque Dele e por Ele, e para Ele, são todas as coisas.

1 comentários

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Gratidão

Pai, que eu seja grata... Que eu enxergue sempre as Suas mãos, nas pequenas e nas grandes coisas. Que os meus olhos nunca se desviem de ti, que eu me lembre a cada segundo do Seu imenso amor, que eu reconheça cada um de todos os Seus feitos.

Pai, que eu seja grata... Que eu te louve incessantemente pela Sua bondade. Que eu não me desvie de tudo o que o Senhor tem revelado a mim. Que os meus olhos estejam fixos na cruz e que eu me lembre que a Sua misericordia se renova sobre mim a cada manha.

Pai, que eu seja grata... Que os meus joelhos se dobrem e que eu não canse de buscar a ti. Que eu me lembre sempre de onde o Senhor me tirou. Que eu não retroceda na fé. Que a minha alma tenha sede de ti e que ela nunca se esqueça de nenhum dos teus benefícios.

Pai que eu seja grata... Que eu engrandeça o Seu nome, que eu declare o teu amor incondicional. Que eu te busque, que eu te conheça, que eu te ame, que eu te louve, que eu me prostre diante de ti. Que eu diminua e que o Senhor cresça em mim, dia após dia...

"Sabei que o SENHOR é Deus; foi ele que nos fez, e não nós a nós mesmos; somos povo seu e ovelhas do seu pasto. Entrai pelas portas dele com gratidão, e em seus átrios com louvor; louvai-o, e bendizei o seu nome. "
Sl 100:3-4

0
comentários

sábado, 7 de maio de 2011

Caminhando no deserto

Quantos de nós tem caminhado em desertos, sem entender o motivo e muitas vezes nos sentindo abandonados e sozinhos. As vezes nos perguntamos o porquê de tantas provacoes, tantas lutas. Muitas vezes nos indagamos se Deus está conosco, ou se nos esqueceu, nos abandou numa escuridado sem fim. Nenhum de nós quer viver num deserto. Mas se pararmos para pensar veremos que as vezes é somente lá que somos capazes de enxergar a face de Deus e de perceber que Ele é realmente TUDO o que nós precisamos. Deus não quer nos deixar no deserto, ao contrário, os planos Dele são de nos levar a lugares altos, pastos verdejantes, um jardim florido e regado onde não haverá lugar para a tristeza e onde todas as nossas necessidades serão saciadas. Ele não se alegra em ver o sofrimento e dor do seu povo. Os planos de Deus para os seus amados são planos de paz e alegria.

Mas, quantos de nós nos esquecemos de que todas as boas dádivas vem Dele; quantos de nós não desfrutamos da doce presença do nosso Pai quando tudo vai bem em nossas vidas? Não seria então melhor viver num deserto, em meio a tribulacoes, reconhecendo a cada dificuldade que nunca estamos sozinhos? Vivenciando a verdade de que Ele e somente Ele nos basta em tudo, e que Ele preenche todos os buraquinhos da nossa alma? Amados, a alegria do Senhor é a nossa forca e sim Ele nos sustenta sempre. Mesmo quando todas as coisas parecem ruins, quando não enxergamos solução para nenhum de nossos inúmeros problemas, quando a tristeza e a incerteza do amanha preenche a nossa alma.

Sejamos maduros para reconhecer o amor e a misericordia infinita de Deus sobre nós. Não sejamos cegados pelas nossas dúvidas e incredulidade. Confiemos nas promessas eternas do Pai, no seu amor incondicional e na sua graça que nos alcançou. Ele se fez homem e se entregou por nós, nos fazendo filhos, cooparticipantes do seu reino. Ele nos dará infinitamente mais do que pensamos, e não nos deixará sozinhos em nenhuma de nossas tribulacoes. Ele nos carregará sempre em seus braços, nos dará amor, conforto e a certeza de um amanha, independente das circunstancias dessa vida. Creia e busque a Deus incessantemente. Abra o seu coração, receba o que Ele quer te dar e não desita ao longo da caminhada. Só depende de nós sair do deserto e vivenciar tudo de melhor que Deus tem para nos dar.

"A fortaleza será abandonada, a cidade barulhenta ficará deserta ... até que sobre nós o Espírito seja derramado do alto, e o deserto se transforme em campo fértil, e o campo fértil pareça uma floresta" (Isaías 32:14-15).

"Pois derramarei água na terra sedenta, e torrentes na terra seca; derramarei meu Espírito sobre sua prole, e minha bênção sobre seus descendentes" (Isaías 44:3)

"O povo que escapou da morte achou favor no deserto" (Jeremias 31:2)
3
comentários

O alvo da minha vida: conhecer e prosseguir em conhecer ao Senhor

Eu tenho vivido muitas experiências lindas com Deus ao longo da minha caminhada cristã. Dessas lindas experiências tem nascido textos inspirados pelo Espírito Santo. Textos que comprovam o quanto tenho sido delirantemente feliz com a presença viva de Jesus Cristo na minha vida. Nasceu também o desejo de ter um lugar especial para compartilhar as minhas ideias e de aprender com outras pessoas que partilham ou que desejam partilhar dessa mesma felicidade que é ter intimidade com Deus, de conhecê-lo e prosseguir em conhecê-lo a cada dia.

Hoje nasce o Delirantemente feliz com Cristo, blog onde o único objetivo é louvar, exaltar e engrandecer o Nome do Único digno de ser louvado. Um blog sobre Jesus e Sua infinita bondade e amor. Convido você a visitar o meu cantinho e a deixar aqui um pouco do que Ele tem feito na sua vida também. Que o alvo das nossas vidas seja sempre conhecer e prosseguir em conhecer esse Deus que quer nos fazer sempre delirantemente felizes.

"Conheçamos, e prossigamos em conhecer ao Senhor."
Oséias 6:3

 

Copyright © 2010 Delirantemente feliz com Cristo | Blogger Templates by Splashy Templates | Free PSD Design by Amuki